você está em www.ovizinho.com.br

OVizinho.com.br: Jornal: Divirta-se: Recentes
 

Aquele senador está sendo julgado por corrupção. Enquanto transcorre o julgamento, ele aguarda em casa, nervoso. De repente, toca o telefone e o advogado encarregado de sua defesa diz, sem esconder a euforia: - Finalmente a justiça foi feita!
- Então vamos apelar! – emenda o senador, de pronto.



O Fritz conseguiu realizar o sonho de menino e foi o primeiro astronauta do programa espacial brasileiro enviado ao espaço com mais três macacos. Interceptamos uma conversa confidencial da Agência Espacial Brasileira (Agebra):
- Agebra para a Nave. Macaco Nº 1, configurar painel de controle da espaçonave.
- Configuração efetuada!
- Macaco Nº 2, verificar a pressurização da espaçonave.
- Pressurização verificada!
- Macaco Nº 3, alinhar a rota da espaçonave.
- Rota alinhada!
- Fritz...
- Mein Lieber Gott! Já sei, já sei. Põe comida para os macacos e não mexe em nada...


O Fritz chega ao trabalho todo arranhão, mordido, com o macacão rasgado e cheio de hematomas no rosto. Ao ver aquela figura grotesca, o amigo Heinz pergunta espantado: Mein Lieber Gott! O que aconteceu, Fritz? Sofreu algum acidente?
- Náim – responde o Fritz. – Acabei de enterrar a minha sogra, umaveiz!
- Mas... e esses ferimentos?
- É que ela não queria entrar no caixão...


O Fritz decide se tornar um criminoso. Entra num banco, aponta uma arma para a moça do caixa e diz: - Entregue todo o dinheiro, moça, ou vai passar a fazer parte da geografia, umaveiz.
- Você não quer dizer “da história”: - pergunta a moça nervosamente solícita.
- Mein Lieber Gott! – zanga-se o assaltante. – Não mude de assunto...


Alarmado com a bandalheira em sua paróquia, o padre mandou fixar um cartaz na porta da igreja: “Se está cansado de pecar, entre”. Aproveitando a deixa, escreveram embaixo: “Se não cansou, não deixe de me ligar no telefone 1413-1211, umaveiz”.


- Vejo que o seu último emprego foi com um psiquiatra – disse o empregador ao Fritz que se candidatava ao novo emprego. – Por que deixou o cargo?
- Mein Lieber Gott! – começou o Fritz -, não havia escapatória para mim. Se chegasse tarde ao trabalho, eu estava sendo hostil. Se chegasse cedo, era porque sofria de ansiedade e, se chegasse na hora certa, era compulsivo, umaveiz!”


O Fritz ensinando a Frida a dirigir: - Para evitar qualquer problema – recomenda ele -, você deve prestar atenção às placas e aos sinais, especialmente aos sinais de sinaleiro, umaveiz. Quando a luz for verde, acelere; quando for vermelha, pare; e, quando eu ficar branco, por favor, diminua a velocidade!.


- Mein Lieber Gott. O senhor precisa me dar um aumento – disse o Fritz para o chefe. – Existem três outras companhias atrás de mim, umaveiz.
- É mesmo? – surpreendeu-se o gerente. – E que companhias são essas?
- A companhia de água, a companhia de luz e a companhia de telefone


Desejando agradar o novo inquilino, a senhoria preparou o almoço no primeiro dia: uma tigela de sopa e duas fatias de pão.
- Mein Lieber Gott! O pão é pouco – disse o Fritz.
Então, no dia seguinte ela lhe deu quatro fatias, mas ele continuou a reclamar, alegando que ela queria matá-lo de fome. No outro dia ela lhe deu seis fatias, e no seguinte, dez. Ele continuava a queixar-se das refeições parcas. Por fim, num acesso de irritação, ela pegou um pão inteiro e o cortou bem ao meio, colocando as duas metades diante dele.
- E então? – disse ela, enquanto o Fritz comia os últimos pedaços. – Hoje foi suficiente?
- Não foi mau – respondeu o inquilino -, mas estou vendo que voltou às duas fatias, umaveiz.


O Fritz deciciu comprar uma camisola mais sexy para apimentar o casamento que há anos está bem açucarado. Quando a Frida ganhou o presente ela disse: - Que lindo Fritz! Mas pensou: “Que negócio é esse? Há anos não rola mais nada!”.
De noite o Fritz pediu à Frida para vestir a provocadora vestimenta. Ela foi ao banheiro e viu que não era o seu manequim. Falou sozinha: - A vista dele está tão ruim que vou sair despida, deito na cama e ele vai me abraçar e adormecer, como sempre.
Ela entrou no quarto e o Fritz olhou bem para ela: - Mein Lieber Gott! Levando em conta o que paguei, bem que eles podiam ter passado a roupa a ferro, umaveiz!


Chegando perto de uma construção um pedinte chama o Fritz que era um dos pedreiros da obra e está no 23º andar: - Ei, venha aqui!
- Fale daí mesmo! – responde o Fritz.
- Não, venha aqui, por favor!
Curioso, o Fritz desce todos os andares até chegar lá embaixo.
- Me dá uma esmola? – pede o mendigo.
- Claro! – responde o Fritz – Vamos lá em cima.
E, depois de os dois subirem os 23 andares, o Fritz diz: - Mein Lieber Gott! Não tenho trocado, umaveiz.


O Fritz parou para abastecer o veículo à beira da estrada e foi abordado pelo frentista: - O Senhor é a última pessoa que vai pagar o preço antigo. De agora em diante, aqueles que chegarem vão pagar o preço novo.
Animado, o Fritz mandou encher o tanque e, depois de pagar, perguntou: E para quanto subiu o combustível, umaveiz?
- Não subiu, não senhor, desceu 10%.


Depois de beber todas, os três amigos entraram naquela fase alcoólica em que as coisas ficam maiores do que realmente são. O Harry, que é carpinteiro, defende que essa é a profissão mais antiga da humanidade: - Não que eu queira contar vantagem, mas os meus antepassados construíram a Arca de Noé.
- Mein Lieber Gott! – responde o Heinz. – Foram os meus antepassados que plantaram o Jardim do Éden,
- Tudo bem – disse o Fritz – que é eletricista. – Mas, quando Deus disse “Haja luz”, quem vocês acham que tinha puxado a fiação, umaveiz?


O Heinz aparece com uma moto novinha no boteco onde costuma se encontrar com o amigo para beber algumas: – Mein Lieber Gott! Onde você arranjou essa moto? – pergunta o Fritz.
- Eu estava passeando quando uma mulher maravilhosa apareceu nesta moto. Ela saltou, jogou a moto no chão, tirou toda a roupa e disse: “Pegue o que quiser”.
O Fritz assentiu: - Foi uma boa escolha, afinal. Provavelmente as roupas não lhe iam caber, umaveiz...


Veja também: outras páginas da seção "divirta-se".


Este sítio: www.ovizinho.com.br
[Topo da Página] [Principal] [Busca Interna]  
[Anuncie Aqui] [Contato] [Informações e Negócios]
© 2000. Jornal
O Vizinho® / Bureau de Comunicação e Eventos Ltda. Vide notas.

Melhor visualizado em IE5, com vídeo true color, 800x600.

Fim da Página