Jornal O Vizinho - Ano XVIII – Nº 699 - 08/2009
Região 13 - Petrópolis, Boemerwald e Parque Guarani
 
Tiragem desta edição impressa:  10.000 exemplares

Caminhada do IVC às margens do rio Cachoeira

         Gostaria de dar os parabéns aos participantes, por esta caminhada de conscientização e mobilização pelo nosso rio Cachoeira: aos sócios do IVC, aos simpatizantes e membros da UNIPAZ, à Ambiverde, aos Grupos de Escoteiros, aos policiais, entre outros. Achei muito linda e bastante simbólica a foto, onde todos  estão diante da barca Colon (www.flickr.com/photos/institutovivaocachoeira). Quando nossos antepassados aí chegaram viram as belezas e a biodiversidade intacta do rio Cachoeira.
        Este rio que para eles possuía muitos valores, onde um deles era o valor ligado às atividades lúdicas. Meu avô dizia o quanto era delicioso se banhar nas suas límpidas águas. Gostei do aspecto positivo da união de vocês: mostrar que existe biodiversidade ali sim, que é possível uma solução, que todos poderemos fazer alguma coisa para melhorar. Parabéns às 73 pessoas, talvez vocês representem somente 0,01% da população da cidade, mas vocês fazem a diferença. Vocês lutam para um ambiente melhor para vossos filhos e netos. Parabéns às crianças presentes.
        Continuem pensando que esse rio é de vocês, transformem os valores negativistas que tantos lhes atribuem hoje, em razão dos maus tratos históricos, em valores positivos. É muito importante ver os escoteiros de Joinville implicados na luta pelo nosso rio. Fui escotista e conheço a filosofia deste movimento pelas causas ambientais, pelo amor pela vida (biofilia). E por falar em biofilia, termino estas minhas palavrinhas lhes apresentando o sábio senhor chamado Edward Wilson. Tive a sorte de participar de uma conferência que ele ministrou; também tenho a oportunidade de ler muitos de seus livros, através das suas sempre sábias palavras, um conselho:

        O interesse para com a natureza começa na infância e a biologia deveria ser idealmente apresentada nos primeiros anos de vida. Cada criança é um naturalista/explorador iniciante. O caçador, o colhedor, o escoteiro, o caçador de tesouros, o geógrafo, o descobridor de novos mundos, tudo isto está presente no espírito da criança, pode ser de maneira rudimentar, mas tão cheios de expressão”.


Maria Luiza Schwarz - PhD Géographie - Université de Montréal

 Fim do Editorial  - [Voltar para a capa desta edição] [Voltar para Artigos]


Este sítio: www.ovizinho.com.br
[Topo da Página] [Principal] [Busca Interna]  
[Anuncie Aqui] [Contato] [Informações e Negócios]
© 2000. Jornal
O Vizinho® / Bureau de Comunicação e Eventos Ltda. Vide notas.

Melhor visualizado em IE5, com vídeo true color, 800x600.

Fim da Página